Click here for English version
Cliquez ici pour la version en français

Por Diana Morais
Coach de Consciência

“É preciso coragem para crescer e tornar-se o que você realmente é”. E.E. Cummings 

Decidir é uma jóia rara hoje em dia, já que a maioria vive no piloto automático sendo dirigido por alguém ou alguma coisa. Achamos que decidir racional e logicamente seja o bendito uso de nosso livre-arbítrio mas são apenas escolhas temporárias baseadas em nosso condicionamento.

Nossa inteligência de sobrevivência é baseada numa dinâmica de relacionamentos que criamos quando ainda bebês, e que funcionava com nossos pais ou cuidadores,  já que não tínhamos outros recursos. A má noticia é que essa “impressão digital” de relacionamentos não tem como ser apagada, e inconscientemente fazemos “escolhas” baseadas neste prisma infantil. A boa noticia é que quando nos damos conta de quem somos nós realmente, aprendemos a administrar nossa voz interna que parece ter vida própria,  e restabelecemos o equilíbrio e harmonia em nossas vidas.

É impossível mudar se não sabemos o que estamos fazendo realmente e vivemos num eterno “Dia da Marmota”, filme onde o personagem de Bill Murray revive o mesmo dia inúmeras vezes. Ele só consegue sair deste dia infinito quando muda sua atitude e se expõe de verdade nas suas relações. Enquanto quer tirar vantagem e manipular, as mesmas situações são apenas consequências que ele mesmo cria.  A arte de decidir vai muito além do que certos pretextos que usamos para nos convencer de viver algo mais ou menos. Para viver o melhor, é preciso coragem em se expor e se harmonizar com o resultado. Este é o verdadeiro espaço para a mudança e amadurecimento que podemos criar de forma sustentável em nossas vidas. Primeiro se harmonise com quem você realmente é, para depois poder se tornar quem realmente deseja ser.

Mude agora e viva outro efeito.