Click here for English version

Por Diana Morais
Coach de Consciência

Se engana quem acha que o trabalho da mudança é mudar de empresa, cidade ou namorado. Como sugere o título do texto, as mudanças verdadeiras para amadurecer estão além da superfície, além de nossa interpretação de certo e errado.

Mudamos de consciência, ou de realidade, desde que nos tornamos “Adão e Eva”, não mais agindo pelo instinto de sobrevivência como todo animal. Claro que não deixamos de ser animais, a diferença é que adquirimos a capacidade de criar. Conhece algum outro ser capaz de mudar sua própria realidade?

Essa natureza, além de nossos cinco sentidos, é o aspecto sutil da vida que lidamos em nosso dia a dia com nosso veículo, o corpo. Existe duas realidades, a de sobrevivência, ou pré-programada sustentada pelo passado e atrelada a nossa memória, a outra realidade é criadora, ligada a nossa natureza perceptiva que não tem nada a ver com o senso comum. Quando agimos pelo prazer temporário, seja insultar o marido, ou sucumbir a uma negociação, no aspecto sutil criamos uma limitação.  É o mesmo que dizer que não queremos amadurecer, tal qual um bebê que não quer aprender a andar e diz “Por que as pessoas andam? Por que não fica todo mundo sentadinho?”. A vida não é estática, e para tudo no mundo físico precisamos fazer algum esforço pois senão perderíamos o prazer do amadurecimento e da mudança. O que dá mais prazer, ganhar um carro do papai e da mamãe ou comprar um carro com seu esforço?

O prazer permanente acontece quando agimos pelo melhor, e sempre existirá um novo melhor, ou um novo lá. Assim como subir uma escada rolante que está descendo, se abandonamos o esforço de controlar nosso ego, voltamos 10 degraus.

Mude internamente para ter a percepção que vai além da superfície, a cada situação, assim enxergará suas mudanças para preencher seus desejos.

Mude agora e viva outro efeito.